Confirmada a morte de suspeito que entrou em confronto com a polícia

A morte de Daniel Alves do Nascimento foi confirmada no Hospital Municipal.

0
15452
A polícia isolou o local onde o suspeito foi alvejado para perícia. Nem a família teve acesso onde o mesmo estava recebendo os primeiros socorros efetuado pelo Samu

A manhã desta terça-feira, 25, foi tensa mais uma vez no município. Após fugir da tentativa de abordagem na PR 473 da Polícia, dois indivíduos acabaram sendo perseguidos e um deles foi alvejado pelos policiais nas proximidades de uma cerâmica no Bairro Jonh Kennedy. O suspeito estava armado e com colete a prova de balas e segundo os policiais reagiu quando foi abordado. Daniel Alves do Nascimento foi atendido pelo Samu no local e encaminhado para o hospital.

Em entrevista a Rádio Municipal FM o delegado Doutor Michel não quis entrar em detalhes sobre a perícia apenas numa forma de desabafo declarou que o judiciário não pode se omitir.

Um vídeo postado na internet mostrava Daniel ferido mas se movimentando, os tiros (o) pareciam ter atingido o pescoço ou a cabeça do suspeito. Após ser atendido o mesmo foi colocado na ambulância e para sair esperou reforço policial. Segundo o delegado o procedimento foi para garantir a segurança dos próprios policiais tementes pela possibilidade de represálias.

Em contato neste momento com a direção do Hospital Municipal foi confirmada a morte de Daniel. O enfermeiro Rafael Pilati contou que “Ele perdeu massa encefálica e os socorristas acreditavam que o mesmo já estava com morte cerebral ao chegar no hospital”. “Foi feito procedimento para tentar a doação de órgão pela família e não foi possível” lamentou.

Esta é décima primeira vítima da violência assoladora registrada este ano no município. Numa reunião esta manhã durante a assinatura de um contrato para reforma de uma escola, foi citado que “o judiciário não sabe mais o que fazer com tanta violência no município”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here