ProntoVet

Chegada do inverno provoca o aparecimento de umidades em casa: veja 05 dicas para resolver esse problema problema

Segundo os órgãos oficiais, estação mais fria do ano começa nesta terça-feira(21

Wp 1654795243384 - Jornal Expoente Do Iguaçu
publicidade

Apesar do país vir passando por uma série de frentes frias nos últimos tempos que deixam o clima com a cara da estação mais charmosa do ano, o inverno só começa oficialmente a partir das 6h14min de amanhã (21) no Hemisfério Sul. No entanto, diferente do que vem acontecendo nos últimos tempos, o período será caracterizado pelo baixo volume de chuvas e um clima mais seco do que o normal. 

Em Quedas do Iguaçu o volume de chuvas tem sido alto e isso contribui muito para o aparecimento de umidades em casas (chamados por alguns de mofo)

Inviolavel - Jornal Expoente Do Iguaçu
publicidade

Segundo a meteorologia o total de chuvas que na estação normalmente acumula cerca de 600 milímetros, mas neste ano, pode ser que fique em 500 ou 540 milímetros”.

E mesmo que em menor quantidade, a falta de calor e a incidência de chuvas naturais da estação trazem consigo um problema bastante desagradável na casa de muita gente: a umidade. Dessa forma, não é difícil perceber as paredes ou móveis aparentemente molhados ou com manchas de mofo e bolor pelos cômodos.

Além de ser prejudicial para a estrutura geral do imóvel, a umidade nas casas também faz mal à saúde, podendo desencadear ou agravar condições respiratórias e transmitir bactérias que causam uma série de infecções graves.

Eletro - Jornal Expoente Do Iguaçu
publicidade

Tipos de umidade

Para que os tratamentos sejam eficientes ao máximo, é importante saber qual o tipo de umidade está afetando a sua casa. Veja a seguir:

Capilaridade

A umidade por capilaridade se manifesta na forma de manchas contínuas, especialmente na parte inferior das paredes – embora também possa aparecer no chão.

Isso acontece porque a umidade vem do solo, sendo mais comum, desta forma, em construções térreas, sótãos, estacionamentos, entre outros.

Infiltração

Provavelmente o tipo mais conhecido de umidade, acontece por causa de vazamentos ou entradas de água de origem externa, falhas no encanamento ou áreas úmidas, como o banheiro ou a cozinha.

É muito prejudicial à pintura e estrutura geral de uma obra, com a possibilidade de formação de rachaduras, corrosão, carbonatação e lixiviação do concreto.

Condensação

A condensação é a passagem do estado líquido para o gasoso. É, portanto, bastante comum em ambientes com muito vapor, próximos a áreas frias e janelas, como em banheiros. A falta de contato com a luz do sol também agrava o problema.

Nesse caso, as manchas têm um formato redondo, comprometendo a superfície das paredes e abrindo caminho para a formação do mofo.

Como se livrar da umidade?

Existem diferentes maneiras de solucionar episódios de umidade, sendo uns mais eficazes do que o outro, dependendo de cada caso.

Confira as dicas abaixo e veja qual funciona melhor para você.

1) Desumidificador de ar

Como o próprio nome já sugere, o desumidificador de ar retira o excesso de umidade do ambiente, das gotículas de CO2 que estão nele. Isso ajuda a combater a formação de bolor e mofo e também é ótimo para ampliar a conservação de eletrodomésticos, móveis, roupas, papéis, etc.

Por ser um aparelho pequeno, cabe em qualquer lugar e é fácil de guardar. Ideal para pessoas que moram em regiões naturalmente frias e chuvosas.

É recomendado para quem quer se prevenir dos efeitos das umidades, o que significa que não tem tanta eficácia para casos mais avançados.

2) Ar-condicionado

Uma boa maneira de reduzir a umidade é deixar o ar circulando pelo ambiente. O ar-condicionado cumpre essa função muito bem, ainda permitindo que você controle a velocidade e a temperatura. A função desumidificar, inclusive, está presente na maioria dos aparelhos.

Quando a casa ou apartamento ficam mais frios devido a refrigeração do ar-condicionado, as paredes acabam secando, o que elimina a umidade do local, além de neutralizar a presença de fungos e bactérias.

É importante ressaltar, no entanto, que isso só funciona de verdade se o aparelho estiver em dia com a higienização. Se os filtros do ar-condicionado estiverem limpos, a umidade do ar pode ficar abaixo dos 60%.

3) Limpeza e raspagem

Borrife uma solução de água com cloro ou água sanitária – esses produtos matam os fungos e impedem que eles retornem. Depois de deixar agir por alguns minutos, esfregue com uma esponja ou escova. Espere secar completamente.

Depois, chega a hora da raspagem. Lixe e raspe a área afetada pela umidade, retirando toda a tinta. Se o reboco também for acometido, não hesite em retirá-lo – isso garante que as colônias fúngicas sejam completamente removidas.

Se você não souber ou não quiser fazer esse trabalho, contrate um profissional qualificado. Por ser algo relativamente simples, a grande maioria dos pedreiros sabe administrar esse tipo de serviço.

4) Impermeabilizante

Depois da raspagem, é recomendado aplicar produtos impermeabilizantes. Isso serve como forma de proteção para que a umidade não retorne.

Existem duas opções:

  • Emulsão asfáltica: material composto por derivados do petróleo em dispersão na água; cria uma membrana superficial impermeabilizante de alta aderência
  • Emulsão acrílica: mistura de acrílicos termoplásticos com água; entre as demãos, é aplicado um material estruturante, como fibra de poliéster 

É indicado que o procedimento de impermeabilização seja feito quando o clima estiver mais quente, já que temperaturas frias retardam o processo de secagem.

5) Circulação de ar

Não existe solução mais competente e simples para minimizar ou evitar os males da umidade do que a circulação natural do ar.

A dica é abrir as portas e janelas todos os dias para renovar o ar que circula dentro da casa. O mesmo deve ser feito com guarda-roupas e armários – deixe-os abertos por algumas horas ao menos uma vez por semana.

É importante fazer isso principalmente nos meses de inverno, mais suscetíveis à umidade. Aproveite a manhã e o começo da tarde, quando há mais sol e ar quente.

Marinojoalheiro - Jornal Expoente Do Iguaçu
publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Gif Geral Jp - Jornal Expoente Do Iguaçu

Últimas Notícias

Quedas do Iguaçu: Polícia suspeita que incêndio em residência foi criminoso

A Polícia Civil suspeita que o incêndio que atingiu uma residência pra volta da 00h15 da...

Deputados votam proposta que amplia o efetivo da PM e alteram a estrutura de órgãos do executivo

A Assembleia Legislativa do Paraná aprecia e vota em primeiro turno de votação, na sessão plenária ordinária...

Grupo Alimentos Zaeli anuncia nova distribuidora em Quedas do Iguaçu

O prefeito de Quedas do Iguaçu (centro sul paranaense) Elcio Jaime da Luz, se encontrou nesta...

Comentários Recentes