ProntoVet

Entra em vigor em setembro o novo Protocolo de Transporte para setor de Saúde

O novo protocolo estabelece diversos direitos e deveres que deverão ser observados pelo cidadão e funcionalismo público municipal.

Entra em vigor a partir desta quarta-feira, 1º de setembro, a aprovação do Conselho Municipal de Saúde de Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) o novo Protocolo de Transporte para o setor de saúde.

publicidade

Confira como quais serão seus direitos:

1º – É assegurada aos acompanhantes de pessoas portadoras de
incapacidade físicas, visuais, auditivas e mentais, inclusive
portadores do Transtorno do Espectro Autista, que sejam
impossibilitadas de locomoção, autodeterminação e que dependam
de acompanhante, a obrigatoriedade de levar acompanhante para
consultas e exames fora do município de Quedas Do Iguaçu.


2º – É assegurado aos pacientes acima de 60 anos levar o
acompanhante para consultas e exames.


– Assegurado aos pacientes levar acompanhantes para a
realização de exames bem como: colonoscopia, endoscopia e
exames com sedação.


4º – Fica assegurado aos pacientes menores de 18 anos de idade a
levar acompanhante, ou aquele que apresente Laudo Médico que
justifique a necessidade de acompanhamento.

publicidade


5º – Fica assegurado o transporte de acompanhantes mediante
comprovante de agendamento de consultas e exames.


6º – Para agendamentos de pericias medicas deve se dirigir ao
CRAS. Caso o paciente necessite de ambulância o CRAS passa para
o departamento de transporte da Secretaria de Saúde.


7º – CARRO: Os carros são para uso de deficientes físicos, e
cerebrais. Fora desses casos, um Laudo Médico justificando a
necessidade do transporte por carro e não por ônibus deverá ser
apresentado. Este laudo terá validade de três meses.


8º – Ambulâncias: As ambulâncias são para uso de pacientes
acamados, cadeirantes, podendo trazer outros pacientes que se
encontrar de alta para retornar ao município de origem. Fora desses
casos, um Laudo Médico justificando a necessidade do transporte
por ambulância e não por ônibus.


9° – TRANSPORTE DE PACIENTES CRÍTICOS: Deve-se lembrar que a
decisão de transporte é de responsabilidade médica intransferível,
cabendo a este profissional avaliar todas as variáveis envolvidas;
O paciente será transportado pelo técnico de enfermagem de
transporte. Somente se haver a necessidade do acompanhamento
do técnico de enfermagem do leito ou de outro profissional quando
se referir a pacientes com condições especiais, a ser determinado
pelo médico de plantão. O procedimento de transporte deve ser
registrado no prontuário do paciente.


10° – REGULAÇÃO DO TRANSPORTE INTRA-HOSPITAR: A regulação do
transporte intra-hospitalar será realizada por uma central, que
terá pessoal treinado para estar recebendo os chamados dos
serviços e realizando o envio dos técnicos de enfermagem do
transporte para realização das remoções se for necessário.


11º – AGENDAMENTO: O agendamento de consultas, exames e
qualquer outro procedimento, será feito somente de forma presencial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Últimas Notícias

Covid-19 Boletim epidemiológico Quedas do Iguaçu 27/09/2021

Casos de Covid-19 voltaram a crescer em Quedas do Iguaçu. No momento são 34 ativos segundo a...

Atletas da Equipe Gracie Barra brilham em competição de Jiu Jitsu

Equipe de Jiu Jitsu de Quedas do Iguaçu, Três Barras e Espigão Alto trazem 30 medalhas do...

3ª Dose da Vacinação contra Covid-19 começa no início da semana que vem e smartphone são entregues a equipe de Saúde

Na sexta-feira, 24, a Secretária Municipal de Saúde de Quedas do Iguaçu realizou a entrega técnica de...

Comentários Recentes