ProntoVet

Telemedicina mantém pacientes em tratamento na pandemia, aponta médico da Unifesp

O oncologista Ramon Andrade de Mello ressalta a importância da ferramenta

publicidade

A pandemia de covid-19 tem impactado diretamente no diagnóstico e tratamento de doenças como o câncer. Preocupados com o novo coronavírus, muitos pacientes têm adiado a visita ao especialista. “A telemedicina tem sido adotada em muitos casos. Ela é uma ferramenta que tem ajudado no acompanhamento com a eliminação dos riscos de contaminação pela consulta presencial”, afirma o oncologista Ramon Andrade de Mello, professor da disciplina de oncologia clínica da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), da Uninove e da Escola de Medicina da Universidade do Algarve (Portugal).

publicidade

Em março de 2020, o CFM (Conselho Federal de Medicina) autorizou o uso da telemedicina (ofício CFM n0 1756/2020) por meio de WhatsApp, Skype, e outros aplicativos. “Na oncologia, a ferramenta tem permitido fazer o acompanhamento dos pacientes, reduzindo eventuais riscos que eles possam ter nos deslocamentos. Em muitos casos, o tratamento reduz a imunidade e o teleatendimento é uma alternativa”, explica Ramon de Mello.

O oncologista ressalta que a decisão da consulta presencial depende da avaliação do especialista: “A telemedicina não é para todos os casos. As primeiras avaliações geralmente demandam a presença do paciente. Independentemente da pandemia, quanto mais cedo realizamos o diagnóstico e o tratamento do câncer, melhores são os resultados”.

Uma pesquisa da Capterra, plataforma de busca e comparação de softwares, com 1.004 pessoas em todo o país, aponta que seis em cada dez pacientes afirmam saber o que é telemedicina, e 55% já utilizaram os serviços de consulta médica à distância. E 46% dos entrevistados, que já utilizaram o serviço, pretendem continuar o atendimento com a ferramenta.

Entre maio e dezembro de 2020, o SUS (Sistema Único de Saúde) realizou 25 mil atendimentos remotos. O Ministério da Saúde já disponibilizou, inclusive, uma plataforma para a emissão de documentos como atestados e receitas, o Consultório Virtual.

- Advertisment -

Últimas Notícias

Morre o contabilista Juarez Napoleão Costa

O empresário contabilista de Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) Juarez Napoleão Costa, faleceu aos 69 anos na manhã deste sábado, 17, em...

Covid-19: Idosos acima de 61 anos irão começar a receber a vacina domingo

A Secretaria Municipal de Saúde de Quedas do Iguaçu (centro sul paranaense) deverá começar neste domingo, 18,...

História: Feriado em Rio Bonito do Iguaçu relembra os 25 anos do Assentamento Ireno Alves da Silva

No município de Rio Bonito do Iguaçu atualmente (segundo último senso) com 13.269 habitantes é feriado. A data lembra o dia 17...

Comentários Recentes