ProntoVet

Aciqi reuniu empresários para debater novo modelo de Concessões de Rodovias no Paraná

Reunião debateu os valores que serão cobrados nos pedágios e o impacto eminente em nosso estado e região

Representantes de diversas empresas e entidades liderados pela Associação Comercial Empresarial de Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) se reuniram na tarde de quinta-feira, 11, para debater sobre o novo modelo de Concessões de Rodovias no estado do Paraná.

Diante da situação do preço dos pedágios que impacta diretamente o progresso e desenvolvimento de nossa região e de uma maneira geral todo o estado, foi decidido realizar uma ampla campanha de divulgação pelo modelo apresentado pelo setor produtivo e a petição contra o modelo híbrido e de outorga apresentado pelo governo federal. “A posição destas entidades é de que o melhor para a economia paranaense e para os usuários das rodovias é o modelo de Menor Preço de Tarifas” destacou, Thais Costa, secretária executiva da Aciqi.

Em conjunto a tudo isso está sendo divulgado através das redes sociais um abaixo assinado contra “o maior pedágio do Brasil”.

A campanha intitulada “Quedas do Iguaçu pede a ajuda de todos, queremos a menor tarifa de pedágio, Já!” movimenta todas classes sociais tendo em vista o preço abusivo das tarifas no estado.

ENTIDADES ENVOLVIDAS

Aciqi, Rotary Club, Projeto Gente, Sindicato dos funcionários públicos  – SISMUQ, Cooperativa de transporte – Cotranspel, Associação dos Motoristas de Quedas do Iguaçu, Câmara de Vereadores de Quedas do Iguaçu, Paróquia Imaculado Coração de Maria,  Conselho de Segurança – Conseg, Conselho da Comunidade e Centro de Tradições Gaúchas – CTG Pealando a Saudade.

O Jornal Expoente do Iguaçu cumprindo sua função social apoia a iniciativa e se coloca a disposição para que nossa população, mais uma vez, não seja prejudicada por contratos de concessão abusivos com tarifas absurdas.

Veja os temas da petição e se desejar assine entrando no link abaixo;

  • NÃO ao modelo de outorga onerosa, seja parcial ou total, pois isso se trata de um tributo disfarçado ou ágio;

Aplicação do maior desconto no preço do pedágio, a exemplo de outros estados brasileiros;

NÃO ao degrau tarifário de reajuste das tarifas de pedágio após a duplicação das rodovias.

Clique no link e ASSINE JÁ

http://bit.ly/3sP4Zq0

- Advertisment -

Últimas Notícias

Deputado Aliel Machado anuncia recursos para agricultura quedense

Em visita a Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) no fim da tarde de terça-feira, 27, o deputado...

Secretaria de Saúde de Quedas do Iguaçu realiza campanha de combate a Hepatite Viral

Estará acontecendo até 30 de julho, em Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) a coleta para testes rápidos da hepatite viral em todas...

Comentários Recentes