ProntoVet

Janeiro ultrapassa média histórica de chuvas e o feijão é a cultura mais atingida

Em Quedas do Iguaçu as chuvas de janeiro somaram mais de 400 milímetros ultrapassando longe a média histórica confira na reportagem

As chuvas de janeiro no estado do Paraná ultrapassaram a média histórica. Em Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) registros climáticos observado na propriedade da família Orloski (conforme mostra no gráfico do mês de janeiro abaixo) a precipitação acumulada chegou a 404 milímetros pra média histórica é de 189 milímetros.

 No estado de uma maneira geral choveu no primeiro mês de 2021, 343,5 milímetros, contra um histórico de 205,7 milímetros. O levantamento leva em consideração as regionais de Paranaguá, Curitiba, Ponta Grossa, Guarapuava, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu.

publicidade

Como não poderia deixar de ser a agricultura foi atingida em cheio, especialmente a safra de feijão.

 Um milímetro de chuva equivale a 1 litro de água por metro quadrado isso significa que em janeiro de 2021 choveu em Quedas do Iguaçu o equivalente a 404 litro de água por metro quadrado.

MILHO

Segundo o empresário do ramo cerealista, Rodrigo Guzzo, (lê-se Terra Cereais) em entrevista ao JE, “a questão do milho pode haver o problema de “grãos ardidos brotados”, porém, a quantidade de milho plantado pra colher neste momento é pequena, fica praticamente insignificante a perda”.

Rodrigo GUzzo não vê o mesmo prejuízo do feijão nas culturas de soja e milho

SOJA

“Já na soja algumas variedades apresentaram broto mesmo antes de terminar o ciclo de maturação, sendo problemas pontuais de algumas variedades que tem a espessura da vagem mais fina, com o excesso de chuvas o grão da sinal de brotação” explicou Guzzo.

FEIJÃO A CULTURA MAIS PREJUDICADA

Na foto se observa o hilo brotando comprometendo a semente

Rodrigo acredita que “a grande cultura prejudicada foi a do feijão”. “Foi plantado bastante no intuito de safrinha”. “O pessoal plantou no cedo em pequenas áreas, porém, em bastantes propriedades e isso acabou prejudicando o fornecimento de sementes pra safrinha”.

O mês de fevereiro começou no mesmo ritmo chuvoso do mês passado, porém, o Sol deve aparecer mais nos próximos 15 dias.

Vertente d´agua surgida numa estrada rural do município de Quedas do Iguaçu

A boa notícia é a volta de muitos córregos e vertentes que com o passar dos anos foram secando devido as fortes estiagens ocorridas nas últimas décadas é a natureza cobrando o seu preço.

APOIO JORNAL EXPOENTE DO IGUAÇU “O SEU JORNAL”

- Advertisment -

Últimas Notícias

Furto de motocicleta está cada vez mais comum em Quedas do Iguaçu

Mesmo com os esforços policiais para prevenir furtos r roubos em Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) praticamente...

Dia Nacional de Combate ao Colesterol: Quando os remédios são necessários?

Neste próximo domingo, 8 de agosto, é o Dia Nacional de Combate ao Colesterol e uma das...

Sicredi Grandes Lagos realiza segundo sorteio da Promoção Sorte Premiada no dia 6 de agosto

Na sexta-feira, dia 6, às 15h, em cada uma das agências da Sicredi Grandes Lagos PR/SP, acontece o segundo sorteio da promoção...

Comentários Recentes