ProntoVet

Janeiro ultrapassa média histórica de chuvas e o feijão é a cultura mais atingida

Em Quedas do Iguaçu as chuvas de janeiro somaram mais de 400 milímetros ultrapassando longe a média histórica confira na reportagem

As chuvas de janeiro no estado do Paraná ultrapassaram a média histórica. Em Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) registros climáticos observado na propriedade da família Orloski (conforme mostra no gráfico do mês de janeiro abaixo) a precipitação acumulada chegou a 404 milímetros pra média histórica é de 189 milímetros.

 No estado de uma maneira geral choveu no primeiro mês de 2021, 343,5 milímetros, contra um histórico de 205,7 milímetros. O levantamento leva em consideração as regionais de Paranaguá, Curitiba, Ponta Grossa, Guarapuava, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu.

publicidade

Como não poderia deixar de ser a agricultura foi atingida em cheio, especialmente a safra de feijão.

 Um milímetro de chuva equivale a 1 litro de água por metro quadrado isso significa que em janeiro de 2021 choveu em Quedas do Iguaçu o equivalente a 404 litro de água por metro quadrado.

MILHO

Segundo o empresário do ramo cerealista, Rodrigo Guzzo, (lê-se Terra Cereais) em entrevista ao JE, “a questão do milho pode haver o problema de “grãos ardidos brotados”, porém, a quantidade de milho plantado pra colher neste momento é pequena, fica praticamente insignificante a perda”.

Rodrigo GUzzo não vê o mesmo prejuízo do feijão nas culturas de soja e milho

SOJA

“Já na soja algumas variedades apresentaram broto mesmo antes de terminar o ciclo de maturação, sendo problemas pontuais de algumas variedades que tem a espessura da vagem mais fina, com o excesso de chuvas o grão da sinal de brotação” explicou Guzzo.

FEIJÃO A CULTURA MAIS PREJUDICADA

Na foto se observa o hilo brotando comprometendo a semente

Rodrigo acredita que “a grande cultura prejudicada foi a do feijão”. “Foi plantado bastante no intuito de safrinha”. “O pessoal plantou no cedo em pequenas áreas, porém, em bastantes propriedades e isso acabou prejudicando o fornecimento de sementes pra safrinha”.

O mês de fevereiro começou no mesmo ritmo chuvoso do mês passado, porém, o Sol deve aparecer mais nos próximos 15 dias.

Vertente d´agua surgida numa estrada rural do município de Quedas do Iguaçu

A boa notícia é a volta de muitos córregos e vertentes que com o passar dos anos foram secando devido as fortes estiagens ocorridas nas últimas décadas é a natureza cobrando o seu preço.

APOIO JORNAL EXPOENTE DO IGUAÇU “O SEU JORNAL”

- Advertisment -

Últimas Notícias

Homem condenado por latrocínio em Quedas do Iguaçu é preso em Iporã

A equipe da Polícia Civil da 15ª Delegacia Regional de Polícia de Iporã prendeu nesta tarde um homem de 44 anos, condenado...

Feirão do Imposto mostra como pagamos altas taxas tributárias

Está acontecendo em Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) até dia 22 de maio, o Feirão do Imposto.Desenvolvido...

“Faça bonito, quem fica calado também é culpado” Ação lembra o Abuso Sexual de crianças e adolescentes

O Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes foi lembrado em Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) numa ação...

Comentários Recentes