ProntoVet

ENGIE Brasil Energia conquista o Selo Clima Paraná – Categoria ‘’OURO PLUS’’

A ENGIE Brasil Energia, com suas Usinas Hidrelétricas Salto Osório e Salto Santiago, localizadas no Rio Iguaçu, anuncia que conquistou o certificado Selo Clima Paraná na Categoria ‘’OURO PLUS 2020’’.

A ENGIE Brasil Energia, com suas Usinas Hidrelétricas Salto Osório e Salto Santiago, localizadas no Rio Iguaçu, anuncia que conquistou o certificado Selo Clima Paraná na Categoria ‘’OURO PLUS 2020’’. Tal premiação é entregue às empresas situadas no Estado do Paraná que submetem seus Inventários de Emissões de Gases de Efeito Estufa à verificação de terceira parte, acreditada pelo Inmetro, comprovando uma redução das suas emissões em relação ao ano anterior.

Iniciativa da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), o selo foi criado com o objetivo de combater as mudanças climáticas e, ao mesmo tempo, preparar as empresas do Paraná para desafios regulatórios, como o provável advento da precificação de carbono. A medida é estudada para promover a transição para uma economia de baixo carbono mais sustentável ambientalmente.

É o terceiro ano em que a ENGIE Brasil Energia consegue se manter no Selo Clima Paraná na categoria “Ouro”, sendo o segundo consecutivo na categoria “Ouro Plus”. A premiação conta com três categorias: OriginalOuro e Ouro Plus.

“O Selo Clima Paraná é mais uma premiação que reforça o engajamento socioambiental da ENGIE e demostra que estamos no caminho certo para promover o desenvolvimento sustentável em todo o país e, principalmente, no Paraná, onde estamos presentes há mais de 20 anos.”, comenta o diretor-presidente da ENGIE Brasil Energia, Eduardo Sattamini.

ENGIE tem história no Paraná

Há mais de 20 anos no Paraná, a ENGIE Brasil Energia atua no estado por meio da Usina Hidrelétrica Salto Osório (capacidade instalada de 1.078 MW), no município de São Jorge d’Oeste (PR), e da Usina Hidrelétrica Salto Santiago (capacidade instalada de 1.420 MW), no município de Saudade do Iguaçu (PR), ambas localizadas no rio Iguaçu e adquiridas no leilão realizado em 1998. Nesse período, as duas usinas receberam uma série de investimentos e hoje estão entre as hidrelétricas mais modernas do País.

Na área socioambiental destacam-se os projetos de Pesquisa e Desenvolvimento mantidos com UNIOESTE a proteção da biodiversidade, em especial, à preservação da ictiofauna endêmica do rio Iguaçu e a produção de mudas no horto ambiental da Usina Salto Osório. Nele, cerca de 70 mil mudas/ano são produzidas e plantadas no entorno dos reservatórios e doadas à comunidade. A empresa também mantém o projeto de proteção de nascentes, que já preservou mais de 2 mil nascentes nas propriedades rurais da região. Por fim, a ENGIE também mantém o Centro de Cultura de Quedas do Iguaçu, onde apoia a comunidade com projetos sócio culturais.

Foco em sustentabilidade e energias renováveis

Uma das referências de sustentabilidade no país, a ENGIE Brasil Energia faz parte do Índice de Sustentabilidade da Bolsa de Valores (ISE) desde a sua criação em 2005. A Companhia possui quase 90% de sua capacidade instalada proveniente de fontes renováveis e com baixas emissões de GEE, como usinas hidrelétricas, eólicas, solares e biomassa. “Faz parte o dia a dia da ENGIE trabalhar em prol do desenvolvimento do país por meio da energia limpa, contribuindo cada vez mais para diminuir nossa pegada de carbono e descarbonizar ou neutralizar as emissões de carbono dos nossos clientes. O setor elétrico tem sido um dos motores da descarbonização global e a ENGIE se propõe a liderar este movimento, com oferta de soluções renováveis e próximas aos clientes”, destaca Sattamini.

- Advertisment -

Últimas Notícias

Governador decreta volta das aulas presenciais

O governador do estado do Paraná Ratinho Junior em Decreto divulgado esta semana no Diário Oficial autorizou a retomada das aulas presenciais...

Comentários Recentes