ProntoVet

Semana Nacional da Pessoa com Deficiência intelectual da Apae contará com palestras virtuais

Comemorada desde 1964, a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla Contará com palestras virtuais com psicóloga, fonoaudióloga, terapeuta ocupacional, psicopedagoga e assistentes sociais.

Iniciou nesta sexta-feira, 21, a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais  (Apae).

Como tema Protagonismo Empodera e Concretiza a Inclusão Social as ações que serão transmitidas via rede social (Facebook – Apae Quedas) visam ao desenvolvimento de conteúdos para conscientizar a sociedade sobre as necessidades específicas de organização social e de políticas públicas para promover a inclusão social desse segmento populacional e para combater o preconceito e a discriminação.

O presidente da Apae, Almir Portes, pediu a participação efetiva da população. “Sempre fizemos uma programação presencial, porém esse ano devido à pandemia não será possível ser desta forma”.

Portes enfatizou para “todos acompanhar o trabalho da Apae, conferindo de perto a dedicação dos profissionais  em prol dessas pessoas que tanto necessitam de cuidados especiais”. A instituição a exemplo das demais escolas vem trabalhando através de vídeos, mensagens com os pais e alunos com raros atendimentos presenciais.  

Comemorada desde 1964, a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla Contará com palestras virtuais com psicóloga, fonoaudióloga, terapeuta ocupacional, psicopedagoga e assistentes sociais. O Brasil possui mais de 45,6 milhões de pessoas com alguma deficiência, ou seja, 23,9% da população. Desse valor, a deficiência mental ou intelectual foi declarada por mais de 2,6 milhões de brasileiros, cerca de 1,4% da população brasileira, segundo o último CENSO realizado em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e estatística (IBGE).


     A deficiência intelectual, segundo a Associação Americana sobre Deficiência Intelectual do Desenvolvimento, caracteriza-se por um funcionamento intelectual inferior à média (QI), associado a limitações adaptativas em pelo menos duas áreas de habilidades (comunicação, autocuidado, vida no lar, adaptação social, saúde e segurança, uso de recursos da comunidade, determinação, funções acadêmicas, lazer e trabalho), que ocorrem antes dos 18 anos de idade. No dia a dia, isso significa que a pessoa com Deficiência Intelectual tem dificuldade para aprender, entender e realizar atividades comuns para as outras pessoas. Confira programação deste ano em Quedas do Iguaçu da semana que irá até 28 de agosto.

Programação divulgada pela Apae Quedas

- Advertisment -

Últimas Notícias

Governador volta decretar Lockdown e Faciap reage de imediato sendo contra

Em Manifesto divulgado na tarde desta sexta-feira, 26, a Faciap entidade representante de 300 associações comerciais do estado, reagiu de imediato a...

Incêndio destruiu Casa do Papai Noel em Pato Branco

Um incêndio destruiu a Casa do Papai Noel no Centro de Pato Branco, no sudoeste do Paraná, na tarde desta sexta-feira (26),...

Acordo estabelece regras para divulgação e publicidade em som de rua

O Conselho de Segurança (Conseg), Secretaria de Indústria e comércio e Associação Comercial Empresaria e Industrial de Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) ACIQI...

Comentários Recentes