Alunos das escolas municipais terão material didático impresso nas reposições durante a Pandemia

“Chegamos a conclusão que em nosso caso (por trabalhar com crianças) é a única maneira de atingir de fato todo esse pessoal”. Destacou o secretário Carneiro.

0
797

Com a previsão das aulas só retornar em meados de julho em virtude do Coronavírus, as reposições antecipadas serão feitas nas escolas municipais com material impresso. Em reunião com os diretores, na manhã de quarta-feira, 29, incluindo os Cmeis (Centros de Educação Infantil) o Secretário de Educação, Eradi Carneiro Buss Dutra, discutiu as atividades que deverão ser ministradas com os alunos. Segundo Carneiro a secretaria estava aguardando orientação para as atividades a serem ministradas aos alunos referente a reposição de aula deste período em virtude da pandemia e após receber os detalhes de como deve ser tratado o assunto foi informado os detalhes a comunidade escolar.

Foram repassadas as instruções aos diretores de como proceder com os professores para ser elaborado o material. “Existe uma burocracia muito grande para validar as atividades como reposição”, destacou.

Dutra disse que foi optado em fazer o material impresso e as escolas irão produzir esse material, com o auxílio da secretaria para seguir os planejamentos. “Chegamos a conclusão que em nosso caso (por trabalhar com crianças) é a única maneira de atingir de fato todo esse pessoal”. Carneiro destacou que apesar das mídias sociais e seus aplicativos mostrar eficiência, ainda não tem uma abrangência total nos alunos das escolas municipais devido ao não acesso de boa parte a internet.