ProntoVet

Familiares devem redobrar cuidados com paciente com câncer durante a pandemia

Médico oncologista da Unifesp destaca a importância de alguns procedimentos dentro de casa

A pandemia do novo coronavírus tem mudado a rotina de todos. As pessoas também aumentaram os cuidados com a saúde para evitar a transmissão da Covid-19. A doença pode ainda ser pior para pessoas acima de 60 anos, com doenças crônicas – como diabetes, doenças cardiovasculares e respiratórias – e com imunidade baixa.

Ramon Andrade de Mello, médico oncologista, professor da disciplina de oncologia clínica da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e da Escola de Medicina da Universidade do Algarve (Portugal), ressalta que os cuidados com os pacientes com câncer devem ser redobrados: “Esse grupo corre o risco de ter complicações graves se for contaminado pela Covid-19. Por isso, os familiares dos pacientes em tratamentos de quimioterapia, radioterapia que fazem uso de medicamentos imunossupressores, além daqueles que tenham feito cirurgia há menos de um mês, devem tomar alguns cuidados”.

O especialista explica que o cuidador ou familiar deve ficar atento com a higiene da casa diariamente. Quando isso não for possível, algumas medidas ajudam reduzir os riscos de contaminação. Por isso, é preciso desinfetar as superfícies que são tocadas com maior frequência como mesas, bancadas, superfícies do banheiro e cozinha, maçanetas, entre outras. “Assim como todos estão deixando os sapatos na entrada da moradia, o mesmo procedimento é imprescindível para as famílias dos pacientes oncológicos. Também é preciso limpar as compras antes delas serem guardadas”, esclarece o professor de oncologia da Unifesp.

“Se o familiar ou cuidador apresentar qualquer sintoma de gripe, não deve ter nenhum contato com o paciente”, ressalta o médico. Ele lembra da importância de trocar de roupa e lavar bem as mãos, e até de tomar banho, antes do contato com a pessoa com doença oncológica. “Recomendo ainda o uso de máscara, mesmo em casa, para esses pacientes, se não for possível separar o familiar ou cuidador com sintomas de gripe. Mas o ideal é o isolamento”, defende o especialista.

- Advertisment -

Últimas Notícias

Homem é executado a tiros em bairro quedense

O mês de novembro termina com mais um homicídio registrado no final da tarde desta segunda-feira, 30, por volta das 17h40, na...

Escolas Quedenses se destacam no Projeto TransformAção da Engie Brasil

Nos dias 24 e 25 de novembro, a Engie Brasil Energia realizou as cerimônias de encerramento e anúncio dos vencedores da 3ª...

Comentários Recentes