ProntoVet

Covid-19 e os pacientes com câncer

Nesse momento, abandonar o acompanhamento de qualquer doença pode aumentar ainda mais os riscos.

Os impactos da pandemia da Covid-19 são imensos na área da saúde. A dedicação de médicos, enfermeiros, assistentes e demais profissionais tem recebido elogios mundo afora. O novo coronavírus traz ainda um outro grande desafio. Precisamos atender essa avalanche de pacientes que são infectados diariamente, aumentando a demanda tanto do sistema público de saúde como da rede particular. Porém, as pessoas continuam adoecendo de câncer, diabetes, problemas cardíacos, entre outras enfermidades.

Nesse momento, abandonar o acompanhamento de qualquer doença pode aumentar ainda mais os riscos. A atenção ao paciente com câncer também é uma situação de emergência e, na maioria dos casos, um tratamento não pode esperar três meses para ter sequência. A cura do tumor tem melhores resultados na fase inicial da doença. Adiar o diagnóstico, uma cirurgia ou até mesmo a quimioterapia pode levar a um quadro de evolução do câncer e reduzir suas chances de cura.

A Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) e a Sociedade Portuguesa de Oncologia (SPO) inclusive já se manifestaram sobre o assunto e apontam que o acompanhamento não deve ser interrompido. Raro alguns casos, que devem ser avaliados pelos médicos responsáveis pelos pacientes.

O risco do câncer progredir, ou o paciente vir a falecer de um câncer, é bem maior do que a pessoa morrer pelo novo coronavírus. O índice de letalidade da Covid-19 varia de 6% a 10% na população com idade superior a 80 anos de idade. Por outro lado, é de 99% o índice de letalidade de câncer de pulmão para qualquer idade caso o diagnóstico e o tratamento não sejam seguidos adequadamente.

Isso não quer dizer que esses pacientes devam suspender o isolamento social. Muito pelo contrário. Eles devem reforçar as medidas preventivas. A SBOC recomenda que as pessoas com qualquer sintoma de gripe, e também aquelas que tiveram contato com terceiro na mesma condição ou com diagnóstico confirmado de Covid-19, devem manter distância dos pacientes com câncer.

As consultas também não devem ser abandonadas sem uma recomendação do especialista. Para superar essa dificuldade, o CFM (Conselho Federal de Medicina) já aprovou medidas que permitem consultas por WhatsApp, Skype, entre outros instrumentos digitais. Cabe ao médico apontar qual a melhor escolha nesses casos. Tenho ainda recomendado aos familiares de pacientes com câncer que utilizem máscaras para evitar a transmissão da Covid-19, mesmo que não apresentem sintomas.

Estamos na batalha diária de reduzir o avanço dessa pandemia. Tenho certeza que vamos superar esse momento mantendo os cuidados de todos aqueles que precisam do nosso trabalho. A saúde é uma prioridade nesse momento.

- Advertisment -

Últimas Notícias

Covid-19: Pela primeira vez boletim mostra não haver casos ativos em Quedas do Iguaçu

A secretaria de Saúde de Quedas do Iguaçu divulgou boletim epidemiológico na manhã desta terça-feira, 29, zerando pela primeira vez o número...

Trabalhadores da cultura e espaços culturais de Quedas do Iguaçu receberão 267 mil reais de renda emergencial

A Secretaria de Educação de Quedas do Iguaçu (centro sul paranaense) divulgou no diário oficial desta segunda-feira, 28, os editais relacionados ao...

Onda de calor com temperaturas acima de 40ºC deve atingir o Paraná

A MetSul Meteorologia e o Climatempo alertam que um episódio de calor histórico atingirá o Brasil nesta semana com temperatura acima dos...

Capotamento na manhã deste domingo faz vítima fatal na PR 484

Outra tragédia foi registrada na PR 484. na manhã deste domingo, 27,em Quedas do Iguaçu (centro sul paranaense) no mesmo local onde...

Comentários Recentes