14/07/2020
ProntoVet
Início Policial Justiça quer “limpar” sucatas da DP local

Justiça quer “limpar” sucatas da DP local

Um verdadeiro monte de sucatas ocupa o pátio da DP local a maioria "depenadas" por vândalos e ladrões

O pátio da Delegacia de Polícia está virado em sucatas, tudo pela aglomeração de veículos oriundos de inquéritos policiais, durante vários anos, mas o problema poderá ser solucionado brevemente.

Delegado Alex Sandro recebeu integrantes do Cosnseg entre eles o vereador Olair Simione, presidente Pablo Mezzomo e Kleber Augusto Michalichem

Integrantes do Conselho Municipal de Segurança (Conseg) estiveram na tarde desta terça-feira, 24, na Delegacia de Polícia (DP) local.No início deste ano a Justiça informou a Associação Comercial (Aciqi) sobre a possibilidade de vender as sucatas da DP. O assunto foi repassado para o Conseg averiguar a situação e o problema pode se transformar em benefício à comunidade.

Segundo o delegado Alex Sandro “cada moto, cada veículo apreendido tem de se fazer um levantamento do inquérito ou até mesmo da ação penal junto ao poder judiciário pra poder destinar a leilão”. O Detran dá o parecer do bem a maioria vai virar sucata outros até tem a possibilidade de continuar trafegando.

“Nossa intenção é levantar fundos pras entidades do município, não só para o Conseg, temos o Conselho da Comunidade, Projeto Gente entre outros, então a intenção é fazer um caixa, onde todos se beneficiem”, destacou o presidente Pablo Mezzomo.

Sobre prazos Mezzomo acha ainda cedo determinar. “Primeiro temos que reconhecer a situação, o que está acontecendo aqui, o que tem de equipamentos e nesta semana vamos montar uma força tarefa pra vim fazer o inventário”. “Em dez a quinze dias se terá feito o levantamento” calcula.

Um verdadeiro monte de sucatas se formou por anos ao lado da DP local

“Quando o crime está relacionado ao tráfico há condições de se alienar antecipadamente o bem, desde que cheguei aqui, não deixamos acumular, isso vem de anos e anos”, contou Alex. “O procedimento correto é isso, alienar o mais rápido possível destinando o veículo para o proprietário ou responsável com rapidez, pra não ficar tomando espaço aqui na delegacia” completou.  

- Advertisment -

Most Popular

Fiscalização nas “atividades não essenciais” e a Lei da Fake News é discutida AL

Começou na sexta-feira, 10, a intensificação da fiscalização pela Vigilância Sanitária em todos os municípios  pertencentes a 10ª Regional de Saúde, determinada...

Doutor Benjamin Dequi está internado com Covid-19

O Médico e ex-vice-prefeito de Sapezal, Benjamin Dequi, pode ter sido contaminado pelo novo coronavirus. De acordo com...

PM “estoura” ponto de tráfico de drogas

A equipe da ROTAM em patrulhamento pela cidade de Três Barras do Paraná, por volta das 22h30, abordou três pessoas em frente...

Fechamento de atividades não essenciais causa revolta em comerciantes

Hoje um grande número de empresas tidas como “atividades econômicas não essenciais”, ficou de portas fechadas devido recomendação por parte do Ministério...

Recent Comments