Novo App bloqueia conteúdo adulto no celular e tablet das crianças

Com o objetivo de proporcionar mais tranquilidade aos pais, a startup AppGuardian desenvolveu aplicativo capaz de barrar sites e buscas impróprias - como pornografia - nos aparelhos eletrônicos dos filhos

0
95

Hoje em dia é muito comum vermos crianças e até bebês assistindo canais no Youtube ou filmes em streaming. A garotada não cansa da internet e, na fase da adolescência, o tempo em frente ao celular costuma aumentar ainda mais. Segundo a Tic Kids Online-Brasil, pesquisa realizada pelo Comitê Gestor da Internet (CGI), 80% das crianças entre 9 e 17 anos estão conectadas à internet. Porém, quando falamos de internet, a preocupação dos pais é grande, principalmente no que diz respeito aos perigos da web, como a pedofilia e a enxurrada de conteúdo impróprio disponível na rede.

Pensando em ajudar os pais a controlar melhor a rotina digital dos filhos, o AppGuardian – startup de controle parental que conecta pais e filhos – criou o aplicativo Navegação Segura, que possibilita o bloqueio de qualquer tipo de conteúdo adulto nos celulares e tablets.

Disponível para Android, o app é fácil de usar e não requer nenhuma configuração extra. Ao instalar o aplicativo no celular da criança, os bloqueios necessários já são acionados automaticamente permitindo mais segurança ao dia a dia da garotada na internet. Além disso, o app possui um filtro de busca, que barra qualquer linguagem explícita. O Navegação Segura utiliza um recurso chamado SafeSearch, que permite o bloqueio de imagens, vídeos e websites com conteúdo pornografico e barra até os resultados de pesquisas em sites de busca, como o Google.


Quando utilizado em conjunto com o aplicativo de conexão parental AppGuardian, os pais ainda podem bloquear o acesso aos principais navegadores do mercado garantindo que seus filhos só usem o aplicativo Navegação Segura AppGuardian e assim estejam protegidos. Caso queira uma melhor performance, você pode inclusive bloquear a sua desinstalação através do AppGuardian.

A startup é comandada pela CEO Luiza Mendonça, mãe da Bia (12 anos), que gosta de destacar a importância da tecnologia como aliada dos pais no cuidado com os filhos. “Nossos filhos já nasceram em uma era 100% digital e sabemos que a tecnologia faz parte da identidade deles, no entanto, acreditamos que a segurança deve vir em primeiro lugar, por isso, criamos o Navegação Segura – o objetivo é proteger as crianças e adolescentes e tranquilizar os pais”, afirma Luiza.