Proibição de ligações de telemarketing indesejadas gera mudanças no setor

Medida que entrou em vigor no mês de julho pretende acabar com uma das abordagens mais criticadas pelos consumidores brasileiros

0
112

Por determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a pedido das principais Prestadoras de Serviço de Telecomunicações do país, desde o dia 16 de julho as empresas que prestam serviços de telemarketing para empresas de telefonia estão proibidas de fazer ligações para números que estejam cadastrados no site Não Me Perturbe(www.naomeperturbe.com.br)Somente no primeiro dia no ar, o site teve mais de 620 mil cadastros.

O telemarketing é uma das ferramentas de vendas mais utilizadas no Brasil e devido à saturação do método para oferecer produtos e serviços se tornou uma das abordagens mais indesejadas pelos consumidores. Sendo assim, a medida é resultado de uma discussão para criar boas práticas no mercado, otimizando a experiência do cliente e diminuindo a incidência de reclamações por ligações indevidas.

Para se cadastrar na plataforma basta acessar o site e preencher os dados solicitados. A partir da data de registro as empresas têm um prazo de 30 dias para incluir o número na lista de usuários que não desejam receber ligações. As penalidades para o descumprimento da medida vão de advertências até multas que podem chegar a 50 milhões de reais.

“Ações como esta mostram que o mercado está se transformando e se adaptando às exigências dos consumidores. As empresas que antes eram somente telefônicas tiveram que se reinventar em poucos anos para atender à demanda tecnológica. O uso de ferramentas de otimização de experiência de usuário e banco de dados robustos com atualizações em real time é indispensável”, comenta Deivis Santos, diretor comercial da Nexcore, empresa brasileira especializada em soluções de comunicação omnichannel para a gestão do relacionamento com o cliente.

Para atender mudanças repentinas como esta, empresas nacionais estão trabalhando no desenvolvimento de tecnologias voltadas à transformação digital de diversos setores, incluindo o de telefônicas. A Nexcore, por exemplo, aposta no software Nexus, ferramenta de gestão de contatos multicanal (Omnichannel) que engloba soluções tanto ligadas à telefonia quanto ao atendimento digital, como chats. “No Nexus já temos um módulo blacklist, que é uma opção para acelerar o processo de exclusão dos números neste caso, importando a base de dados diariamente e mantendo o sistema do cliente livre do risco de penalidades”, comenta Deivis Santos. 

Além de evitar as chamadas indevidas, a solução oferece ferramentas muito mais eficientes e dinâmicas. O Nexus é integrado com o módulo de Chat da Nexcore (NexChat) que, por sua vez, pode ser integrado com as redes sociais (WhatsApp, Facebook-Messenger, Telegram). “A integração do NexChat com as redes sociais merece um destaque. O NexChat (módulo opcional ao Nexus) pode ser integrado com as redes sociais por meio de API’s oficiais. Por meio do NexChat todas as empresas podem utilizar as integrações totalmente adaptadas às políticas de uso e privacidade de cada uma delas com condições bastante atrativas e sem os riscos de utilização de API’s não oficiais”, completa o especialista.