Prefeita entrega 10 balanças antropométricas eletrônicas a UBSs

Somente neste ano o índice de atendimento, atualização e acompanhamento de famílias cadastradas no CADUNICO, já chega 5.580 famílias, desta cerca de 2.340 são beneficiadas com Bolsa Família, totalizando mensalmente aproximadamente R$ 335.520,00.

0
2275

Na tarde desta segunda feira, 8, a prefeita Marlene Revers juntamente com a secretária de assistência social, Joira Salete Zgoda, Coordenadora do Cras Marcelaine Reguelin, e o secretário de saúde, Edimir Kosak, fizeram a entrega de 10 balanças antropométricas eletrônicas adultas em 10 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. A entrega é resultado do trabalho realizado em parceria dos Agentes Comunitários de Saúde e técnicos do Cras e Cadastro Único, com as famílias pertencentes ao Programa Bolsa Família.

Neste ano, até o presente momento o índice de atendimento, atualização e acompanhamento de famílias cadastradas no CADUNICO, já chega 5.580 famílias, desta cerca de 2.340 são beneficiadas com Bolsa Família, totalizando mensalmente aproximadamente R$ 335.520,00.

“A entrega das balanças é uma das ações de retomada do Comitê Inter gestor do programa Bolsa Família, é através do Índice de Gestão Descentralizada (IGD) do Programa Bolsa Família (PBF) e do Cadastro Único, que é possível medir o desempenho de cada município, e estimular resultados cada vez mais qualitativos para compor a base de cálculo de recursos a serem transferidos aos municípios, para que possam ser aplicados no aperfeiçoamento da gestão local do PBF e do Cadastro Único”, explicou a Coordenadora do Cras Marcelaine Reguelin.

Durante a entrega, a Prefeita parabenizou os Agentes Comunitários de Saúde e técnicos do Cras, agradeceu pelo comprometimento em acompanhar cada família e contribuir para esse resultado. O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e acompanhamento familiar realizado pelo CRAS, tem melhorado o indicador de desenvolvimento local do Programa Bolsa Família (PBF) e do Cadastro Único, tendo em vista que, o IGD é calculado pelas atualizações do Cadastro Único, bem como pelo acompanhamento das condicionalidades da saúde e da educação.

Vale ressaltar que a pesagem é uma das condicionalidades para toda a família beneficiária do programa, o usuário que não fizer, poderá perder esse benefício. “Este Programa quer proporcionar melhores condições de vida às famílias em situação de pobreza, oferecendo as crianças e jovens a inclusão nas políticas de educação e saúde, evitando a evasão escolar, e contribuindo consideravelmente para o desenvolvimento social e econômico de nosso município”, afirmou a Prefeita Marlene.