14/07/2020
ProntoVet
Início Gerais Cascavel é a 2ª cidade do PR em mortes por acidentes de...

Cascavel é a 2ª cidade do PR em mortes por acidentes de trabalho

Os homens são os que mais morrem no ambiente de trabalho no Paraná. Em 2017 foram 189 óbitos registrados (90%), enquanto de mulheres foram 21, 10% do total

Durante o mês de abril, órgãos públicos e instituições engajadas nas questões relativas aos acidentes de trabalho aderem à campanha Abril Verde, uma forma de promover a conscientização sobre a importância da segurança e da saúde do trabalhador brasileiro.

Em Cascavel, conforme dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, criado pelo Ministério Público do Trabalho, entre os anos de 2012 a 2017 foram registrados 11.689 acidentes ocupacionais, com 53 mortes no período.

Em 2017 o município registrou 7,9% dos casos de acidentes de trabalho no Paraná, pouco menos que os 11% registrados na capital, Curitiba. E tomando por base a proporção de trabalhadores entre interior e a capital, os dados são alarmantes. De acordo com o SINTESPAR, que é o Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho do Paraná, isso coloca a cidade na segunda posição no Estado em relação ao número de mortes do tipo no período. Em 2018, somente em Cascavel, 8 trabalhadores morreram por acidentes de trabalho.

Segundo o gerente do Crea-PR em Cascavel, Geraldo Canci, o “Movimento Abril Verde, dedicado à prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, busca conscientizar as categorias que mais sofrem acidentes na construção civil e nas indústrias. O objetivo principal da campanha é conscientizar a população sobre a segurança e saúde do trabalhador, fomentar a redução dos acidentes de trabalho e promover a qualidade de vida no trabalho. Neste mês de abril são intensificadas as orientações nas fiscalizações para alertar empregados e empregadores sobre a importância de cuidar da saúde e da segurança do ambiente de trabalho”, ressalta Canci.

O mês de abril foi escolhido para a campanha porque o dia 28 é dedicado à memória das vítimas de acidentes e de doenças do trabalho. Em 1969, uma explosão de uma mina da cidade de Farmington, na Vírginia, estado dos Estados Unidos, matou 78 trabalhadores, caracterizando o episódio como um dos maiores e mais conhecidos acidentes trabalhistas da humanidade.

Frigoríficos lideram acidentes

O grande número de frigoríficos na região Oeste do Paraná faz com que esses números sejam altos, em razão dos casos de adoecimento dos trabalhadores. Conforme os dados, esse ambiente é responsável por 35,1% dos registros de acidentes

de trabalho e a taxa de mortalidade no Paraná, em decorrência do ofício, é de 4,9 para cada 100 mil trabalhadores. Entre 2012 e 2017, o abate de suínos, aves e outros pequenos animais nos frigoríficos, resultou em 1.543 acidentes de trabalho em Cascavel.

Já em relação a gênero, os homens são os que mais morrem no ambiente de trabalho no Paraná. Em 2017 foram 189 óbitos registrados (90%), enquanto de mulheres foram 21, 10% do total.
Os homens também sofrem mais acidentes típicos do que as mulheres. Em 2017, 70% dos acidentes de trabalho (18.881) foram com homens e 30% (8.258) com mulheres. Os dados podem ser acessados no link https://observatoriosst.mpt.mp.br/.

No Paraná, conforme informações do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), 6 mil profissionais estão habilitados para a atividade, quase 58% a mais do que o registrado em 2010, quando havia 3,8 mil Engenheiros especializados em Segurança do Trabalho. Na região Oeste do Estado, 550 profissionais estão habilitados para a função.

- Advertisment -

Most Popular

Fiscalização nas “atividades não essenciais” e a Lei da Fake News é discutida AL

Começou na sexta-feira, 10, a intensificação da fiscalização pela Vigilância Sanitária em todos os municípios  pertencentes a 10ª Regional de Saúde, determinada...

Doutor Benjamin Dequi está internado com Covid-19

O Médico e ex-vice-prefeito de Sapezal, Benjamin Dequi, pode ter sido contaminado pelo novo coronavirus. De acordo com...

PM “estoura” ponto de tráfico de drogas

A equipe da ROTAM em patrulhamento pela cidade de Três Barras do Paraná, por volta das 22h30, abordou três pessoas em frente...

Fechamento de atividades não essenciais causa revolta em comerciantes

Hoje um grande número de empresas tidas como “atividades econômicas não essenciais”, ficou de portas fechadas devido recomendação por parte do Ministério...

Recent Comments