ProntoVet

Descubra os principais fatores que podem causar ressecamento na região vaginal

Sintomas associados pela população à menopausa, também podem ocorrer em mulheres mais jovens e até ser intensificado por fatores externos

A saúde íntima da mulher pode, muitas vezes, ser negligenciada por conta da correria do dia a dia, excesso de tarefas no trabalho, cuidados com a casa e a família. Aquela sensação de queimação na área vaginal, coceira, dificuldade de urinar ou até mesmo dor durante o contato íntimo são sintomas comuns da secura vaginal e devem ser investigados. O ginecologista  Dr. Márcio Elias CRM 82558, explica que a região íntima da mulher é muito sensível a fatores externos e psicológicos, como problemas profissionais, preocupações familiares e pessoais dentre outras. Mas alguns cuidados podem diminuir a incidência e até evitar que este incômodo apareça novamente. Entenda algumas causas:

Falta de estrogênio

Fabricado naturalmente pelo corpo feminino, esse hormônio estimula a produção de glicogênio, que serve de alimento para as bactérias benéficas encontradas na vagina que equilibram o Ph natural deste local. A falta deste hormônio compromete todo o ciclo menstrual, além de deixar a parede vaginal mais fina. Em geral, as baixas concentrações de estrogênio no corpo das mulheres pode causar ressecamento vaginal, situação esta comum  na menopausa e na fase de aleitamento materno.

Medicamentos

O uso prolongado de alguns tipos de medicamentos e tratamentos oncológicos (Quimioterapia e Radioterapia) também podem interferir na produção de estrogênio. As mulheres que estiverem recebendo este tipo de tratamento devem observar se o ressecamento vaginal se faz presente.

Infecções

A Candidíase vaginal e outras infecções que afetam a cavidade vaginal muitas vezes alteram a flora natural da vagina e são capazes de desenvolver um quadro de secura vaginal. Tratamento é necessário bem como hidratação local caso necessite. Fique atenta!

Pílula Anticoncepcional

Usuárias de contraceptivos hormonais orais podem apresentar quadro de ressecamento vaginal. É pouco frequente, mas pode afetar a lubrificação íntima e dificultar relação sexual.

Problemas de natureza psicológica

Como alguns dos sintomas da secura vaginal só são sentidos durante a relação sexual, o problema pode estar, justamente, relacionado à falta de excitação, lubrificação, insatisfação com o parceiro, situações de stress e até quadros de depressão.

“Para tratar o ressecamento vaginal é imprescindível identificar os sintomas que estão causando o problema. O tratamento é multifatorial e pode ser combinado entre medicamento, suplementação e dietas. Hoje no mercado, existem maneiras rápidas e eficazes para minimizar o problema, como o uso de gel hidratante intravaginal, que auxilia na manutenção da hidratação vaginal natural e da hidratação tecidual. Opte por gels à base de ácido hialurônico e sem hormônios. E atenção, é importante sempre utilizar o hidratante intravaginal sob supervisão médica”, alerta o especialista.

- Advertisment -

Últimas Notícias

Sicredi vai destinar R$6,9 bilhões em créditos para pré-custeio da safra 21/22

Com foco em dar suporte ao agronegócio – setor que fechou 2020 com saldo positivo de 9% no PIB agropecuário mesmo em...

Novo Decreto pode entrar em vigor ainda esta semana (Boletim Covid-19) 24/02/2021

Em reunião na manhã desta quarta-feira, 24, na prefeitura de Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) o Comitê de Prevenção ao Covid juntamente...

Rotary completou 116 anos como uma das mais importantes organizações humanitárias do mundo

Fundado em meados dos anos 80 em Quedas do Iguaçu (foto arquivo JE), o Rotary Club é uma das entidades mais atuantes...

Comentários Recentes