Início Policial Tempestade causa pânico e prejuízos

Tempestade causa pânico e prejuízos

A cidade ficou sem energia por aproximadamente três horas no final da tarde desta terça-feira, 18.

O temporal que atingiu o município e região na tarde desta terça-feira, 18, foi um dos maiores dos últimos anos. A Defesa Civil com o auxílio da prefeitura ainda limpam os estragos da tempestade. No Bairro Alto Recreio e Primavera diversas casas foram destelhadas, a força do evento também derrubou dezenas de árvores uma delas caiu sobre um veículo, por sorte o proprietário havia saído de dentro o automóvel minutos antes.

Pouca visibilidade causou acidente na PR 484 após uma árvore cair sobre a pista.

Na PR 484 galhos e árvores foram arremessados na pista, com pouca visibilidade pode ter sido a causa de uma acidente nas proximidades do Matadouro Fergonzan (Zanella), onde dois veículos colidiram. A força do vento atingiu postes e fios da rede elétrica e a cidade inteira ficou sem energia, celulares e redes de internet não funcionavam, estabelecimentos comerciais que utilizam sistemas fecharam as portas mais cedo, no final da tarde, após pelo menos três horas foi restabelecida a luz. A meteorologia continua enviando alertas sobre mais temporais que deverão atingir de sul a norte o Brasil.      

- Advertisment -

Most Popular

Sicredi Grandes Lagos distribui mais de R$ 4,3 milhões em resultados para associados

Os mais de 29 mil associados da Sicredi Grandes Lagos PR/SP receberam na quarta-feira, dia 25 de março, parte do resultado realizado...

Maiores e mais importantes epidemias da história

Joana Freitas traça uma pequena cronologia das epidemias e pandemias que mais nos afetaram enquanto humanidade

Perfuração de poços artesianos beneficiam escolas de Espigão Alto e Cantagalo

Após um período de trabalho intenso por parte das instituições de ensino e do Núcleo de Educação, conseguiu-se firmar um convênio entre...

Em tempos de Coronavírus, Quedas em alerta com novo surto de dengue

Os números da dengue em Quedas do Iguaçu são alarmantes, no último boletim emitido pela secretária de epidemiologia, Melânia Stormoski mais...

Recent Comments