ProntoVet

Casal de irmãos são presos acusados de serem golpistas

Um comerciante de Quedas do Iguaçu, tendo sido lhe devolvido um cheque desta forma, entrou em contato com a empresa de Cascavel, para cobrar a divida, visto o cheque não te sido compensado.

Duas pessoas, em princípio um casal de irmãos, mediante fraude, realizaram compras em empresas da região, por enquanto levado ao conhecimento da Policia, em Quedas do Iguaçu e Capitão Leônidas Marques.

Referidas pessoas chegavam em empresas destas cidades, comprovam mercadorias diversas, utilizando o nome e CNPJ de uma empresa estabelecida em  Cascavel, e efetuando o pagamento com cheques de terceiros, os quais, ao serem depositados, eram devolvidos pelo banco por erro de assinatura.

Um comerciante de Quedas do Iguaçu, tendo sido lhe devolvido um cheque desta forma, entrou em contato com a empresa de Cascavel, para cobrar a divida, visto o cheque não te sido compensado. Foi nesta oportunidade que a empresa de Cascavel tomou conhecimento da fraude que estava sendo realizada em seu nome, pois nada havia comprado, e não tinha relação comercial com a empresa em Quedas, tendo registrado boletim de ocorrência dos fatos.

Na segunda-feira, 5, por incrível que pareça os irmãos estelionatários, foram até e empresa em Cascavel, onde ofereceram as mercadorias à venda, mercadorias compradas de maneira fraudulenta em Capitão Leônidas Marques, oportunidade em que os representantes desta empresa cascavelense entraram em contato com a Policia Civil de Cascavel, informando da situação.

Policiais do Setor de Estelionato se deslocaram até a empresa de Cascavel, onde encontraram ainda casal de irmãos, identificados como Sandra Mara Macarini, 46 anos, e Roberto Carlos Macarini, 52 anos, os quais estava na posse das mercadorias obtidas de forma ilícitas, razão pelo qual todos foram conduzidos para a 15ª SDP, a fim de serem interrogados, pois em principio não há mais situação de flagrante.

 

Foi apreendido o carro dos estelionatários, bem como as mercadorias que estavam vendendo, as quais serão restituídas para os proprietários em Capitão Leônidas Marques, que compareceram em Cascavel. As investigações continuam para apurar outras eventuais vitimas, bem como verificação dos cheques utilizados pelos irmãos, buscando apurar a origem e autenticidade.

 

Os irmãos responderão, em principio, pelo crime de estelionato mediante fraude, tento o inquérito policial já sido instaurado.

- Advertisment -

Últimas Notícias

Governador decreta volta das aulas presenciais

O governador do estado do Paraná Ratinho Junior em Decreto divulgado esta semana no Diário Oficial autorizou a retomada das aulas presenciais...

Comentários Recentes