NRE promove 1º Encontro Multicultural das equipes Multidiciplinares

O objetivo foi de discutir as manifestações racistas e preconceituosas, dirigidas à população negra e indígena através da mídia e seus recursos,

0
7476

Ocorreu no dia 04 de setembro nas dependências do Auditório do Centro de Educação Profissional Profª Naiana Babaresco de Souza, o I ENCONTRO MULTICULTURAL DAS EQUIPES MULTIDISCIPLINARES.

Essas equipes desenvolvem ações desde o ano de 2007 propondo as formações continuadas dos integrantes das escolas estaduais e conveniadas do estado do Paraná para atuarem no processo de reeducação das relações étnico-raciais, conforme o disposto no artigo 26 A da LDB/96 traçando estratégias para combater a discriminação e o preconceito racial.

Público-alvo Comunidade escolar (alunos e instâncias colegiadas), pedagogos(as), professores da Ed. Profissional, da Ed. do Campo, da Ed. Indígena, da Ed. Especial, da EJA, do 6º ao 9º ano, do Ens. Médio e agente educacional I e II.

Encontro

Com a temática: Currículo, Mídia e Relações Étnico-Raciais estão participando do Encontro os Coordenadores das Equipes de cada Escola e professores integrantes dela.

A abertura foi abrilhantada com a presença dos alunos da Escola Estadual Indígena Coronel Nestor da Silva de Nova Laranjeiras, os quais representaram os diversos povos. No período da manhã fizeram o uso da palavra, os representantes da FUNAI, Jean Carlos Veloso e da Liderança da Terra Indígena Rio das Cobras, Neoli Kafy Olíbio. Veloso abordou o tema: Projeto Memória e Identidade do Povo Kaingang.

Participação expressiva para ouvir as palestras

A tarde houve a apresentação do Grupo Artístico Paiol das Artes com os músicos Wiliam Kiluh e Arismael, e palestra com Djankaw Mateus, integrante da Comunidade Quilombola – Invernada Paiol de Telha Fundão, do município de Guarapuava. Djankaw fez uma explanação com o tema: Resignificando e Politizando a Raça, Gênero e Sexualidade na Educação.

Para o Coordenador da Equipe Multidisciplinar do Núcleo Regional de Educação (NRE), Jaison Kurylo, o encontro vem ressaltar o objetivo dos grupos que atuam nas Escolas, que é de compreender as manifestações racistas e preconceituosas, dirigidas à população negra e indígena através da mídia e seus recursos, bem como o uso destes na busca pela positivação dos povos, sempre de modo articulado com o currículo escolar