ProntoVet

Encontro de atividade leiteira reúne mulheres da região

Mais de 400 mulheres produtoras rurais de 11 municípios participam do Encontro das Mulheres da Atividade Leiteira nesta quinta-feria, 26, no Centro Cultural e interior quedense.

Não é de hoje que se sabe da fundamental importância da mulher nas atividades rurais. A prova disso está na participação de eventos como o realizado nesta quinta-feira, 26, no Centro Cultural, onde mais de 400 mulheres de onze municípios se reuniram para o 2º Encontro Regional Mulheres da Atividade Leiteira.

O auditório do Centro Cultural ficou pequeno pela a grande participação no encontro

Promovido pela Emater o evento começou pela manhã com café e as centenas de mulheres que vinham chegando para realizar as inscrições acabaram surpreendendo a organização que improvisou cadeiras para acomodar as participantes.

Na abertura a zootecnista da Emater, Doutora Delma Fabíola Ferreira da Silva chamou no palco as autoridades, entre Elas, a prefeita Marlene Revers, representante da Secretaria de Agricultura, Valdemir Almeida, gerente regional da Emater, Delmar Fracasso, Presidente da Aciqi, Rodrigo Guzzo, representantes da Sicredi e Sicoob, empresário Everton Somenzi (Big Data), Diretor do IFPR Kleber A. Michalichem e o diretor do Centro Cultural Eradi Buss Dutra.

Coral do IFPR interpretou Renato Teixeira e Milton Nascimento

Após os pronunciamentos recheados de muitas homenagens a força da mulher o Coral do IFPR Quedas se apresentou interpretando as canções O Cio da Terra, de Milton Nascimento e Romaria de Renato Teixeira.

A palestrante Marlene contou sua história de sucesso na atividade leiteira

A dupla composta pelo engenheiro agrônomo, Alcindo Penso e o músico Formiga, emocionou o público com a execução no violão e voz da Oração de São Francisco.

Os trabalhos foram iniciados com a palestra motivacional de Marlene Kaiut, de Carambeí. A ex modelo conquistou prêmio de empreendedorismo após reerguer a Chácara São João (137 km de Curitiba), que não ia bem foi quando Kaiut, decidiu tentar salvar o patrimônio da família. Formada em administração, sem nunca ter trabalhado na área, pediu pra assumir o negócio. Desde então a história mudou e o rebanho passou de 64 para 224 vacas, e a produção de leite quintuplicou. Marlene contou em detalhes como conseguiu tão jovem dar uma verdadeira “virada” em sua vida e conquistar o sucesso na atividade leiteira.

Em outra palestra foram apresentadas técnicas de alimentação para vacas de leite: Silagem, por técnico da Pionner.

Após o almoço realizado no Peti Tarumã, as mulheres fizeram Tour por Quedas do Iguaçu indo até a Linha Israel onde estão sendo realizadas rodadas técnicas de 20 em 20 minutos, participam de cada bateria 50 a 80 mulheres.

O encontro tem o apoio da prefeitura municipal, Sicredi, Laticínios Silvestre, Terra Cereais numa realização da Emater.

- Advertisment -

Últimas Notícias

Sicredi vai destinar R$6,9 bilhões em créditos para pré-custeio da safra 21/22

Com foco em dar suporte ao agronegócio – setor que fechou 2020 com saldo positivo de 9% no PIB agropecuário mesmo em...

Novo Decreto pode entrar em vigor ainda esta semana (Boletim Covid-19) 24/02/2021

Em reunião na manhã desta quarta-feira, 24, na prefeitura de Quedas do Iguaçu (centro-sul paranaense) o Comitê de Prevenção ao Covid juntamente...

Rotary completou 116 anos como uma das mais importantes organizações humanitárias do mundo

Fundado em meados dos anos 80 em Quedas do Iguaçu (foto arquivo JE), o Rotary Club é uma das entidades mais atuantes...

Comentários Recentes