Encontro de atividade leiteira reúne mulheres da região

Mais de 400 mulheres produtoras rurais de 11 municípios participam do Encontro das Mulheres da Atividade Leiteira nesta quinta-feria, 26, no Centro Cultural e interior quedense.

0
293

Não é de hoje que se sabe da fundamental importância da mulher nas atividades rurais. A prova disso está na participação de eventos como o realizado nesta quinta-feira, 26, no Centro Cultural, onde mais de 400 mulheres de onze municípios se reuniram para o 2º Encontro Regional Mulheres da Atividade Leiteira.

O auditório do Centro Cultural ficou pequeno pela a grande participação no encontro

Promovido pela Emater o evento começou pela manhã com café e as centenas de mulheres que vinham chegando para realizar as inscrições acabaram surpreendendo a organização que improvisou cadeiras para acomodar as participantes.

Na abertura a zootecnista da Emater, Doutora Delma Fabíola Ferreira da Silva chamou no palco as autoridades, entre Elas, a prefeita Marlene Revers, representante da Secretaria de Agricultura, Valdemir Almeida, gerente regional da Emater, Delmar Fracasso, Presidente da Aciqi, Rodrigo Guzzo, representantes da Sicredi e Sicoob, empresário Everton Somenzi (Big Data), Diretor do IFPR Kleber A. Michalichem e o diretor do Centro Cultural Eradi Buss Dutra.

Coral do IFPR interpretou Renato Teixeira e Milton Nascimento

Após os pronunciamentos recheados de muitas homenagens a força da mulher o Coral do IFPR Quedas se apresentou interpretando as canções O Cio da Terra, de Milton Nascimento e Romaria de Renato Teixeira.

A palestrante Marlene contou sua história de sucesso na atividade leiteira

A dupla composta pelo engenheiro agrônomo, Alcindo Penso e o músico Formiga, emocionou o público com a execução no violão e voz da Oração de São Francisco.

Os trabalhos foram iniciados com a palestra motivacional de Marlene Kaiut, de Carambeí. A ex modelo conquistou prêmio de empreendedorismo após reerguer a Chácara São João (137 km de Curitiba), que não ia bem foi quando Kaiut, decidiu tentar salvar o patrimônio da família. Formada em administração, sem nunca ter trabalhado na área, pediu pra assumir o negócio. Desde então a história mudou e o rebanho passou de 64 para 224 vacas, e a produção de leite quintuplicou. Marlene contou em detalhes como conseguiu tão jovem dar uma verdadeira “virada” em sua vida e conquistar o sucesso na atividade leiteira.

Em outra palestra foram apresentadas técnicas de alimentação para vacas de leite: Silagem, por técnico da Pionner.

Após o almoço realizado no Peti Tarumã, as mulheres fizeram Tour por Quedas do Iguaçu indo até a Linha Israel onde estão sendo realizadas rodadas técnicas de 20 em 20 minutos, participam de cada bateria 50 a 80 mulheres.

O encontro tem o apoio da prefeitura municipal, Sicredi, Laticínios Silvestre, Terra Cereais numa realização da Emater.