ProntoVet

Programa de Gestão de Solo e Água das Micro Bacias beneficiará mais de trinta produtores quedenses

Foi assinado na tarde de segunda-feira, 21, no gabinete da prefeita Marlene Revers, o Convênio para o Programa de Micro Bacias do governo do estado que beneficiará mais de 30 produtores rural ribeirinho ao Rio Campo Novo.

Estiveram presentes na reunião o chefe regional da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do estado (Seab) , Valdemir Almeida, Gerente Regional da Emater, Delmar Fracasso, representantes da Emater local e o secretário de agricultura, Ladilau Stachelski.

O engenheiro agrônomo da Emkater Emerson Gerstemberger, um dos responsáveis pela implantação dos recursos no município destacou ter “certeza que os agricultores farão bom uso da aplicação destes recursos em sua lavoura ou propriedade”.  Para Almeida “o solo é a maior riqueza de uma propriedade”, pra Ele “esse programa vem proporcionar recursos para que o agricultor conserve o solo seu maior patrimônio”.

Prefeita Marlene Revers assina o convênio com a presença do Chefe Regional da Seab Valdemir Almeida

Demonstrando satisfação a prefeita Marlene Revers, agradeceu o emprenho dos técnicos da Emater e dos recursos vindos do governo estadual. “É muito importante este recurso, é bem-vindo, temos de nos preocupar na recuperação do solo, é onde sai o sustento, e o meio ambiente que precisa ser protegido”.

O secretário Ladislau contou que foi escolhido em conjunto com a Emater a “Micro Bacia do Campo Novo”, ou seja, para os produtores da Linha Tapuí, Novo Rumo (maior parte dos produtores) e Alto Alegre.

Serão mais de trinta produtores beneficiados pelo programa que já tem comissão formada e irá destinar as propriedades calcário, fossas, aquisição de uma esterqueira (maquinário), murundu, recuperação de fontes entre outras benfeitorias a fundo perdido.

Aabrangendo 400 grupos de agricultores, igual número de microbacias e beneficiando em torno de 20.000 famílias em todo o estado o programa tem como referência as experiências adquiridas na execução de programas similares desenvolvidos no estado do Paraná nos últimos quarenta anos.

No total serão investidos a fundo perdidos no município mais de 210 mil reais. A licitação começará a ser trabalhada na semana que vem, com previsão para em julho começarem as obras nas propriedades. Cada produtor receberá pouco mais de seis mil reais para as benfeitorias.

- Advertisment -

Últimas Notícias

Homem é executado a tiros em bairro quedense

O mês de novembro termina com mais um homicídio registrado no final da tarde desta segunda-feira, 30, por volta das 17h40, na...

Escolas Quedenses se destacam no Projeto TransformAção da Engie Brasil

Nos dias 24 e 25 de novembro, a Engie Brasil Energia realizou as cerimônias de encerramento e anúncio dos vencedores da 3ª...

Comentários Recentes