Família morre em acidente na BR 373

Acidente entre um carro e uma carreta provocou a morte de quatro pessoas da mesma família.

0
4024
Família inteira morre em acidente próximo a Chopinzinho

Mais uma tragédia foi registrada na tarde desta quinta-feira (15), por volta das 14h30, na rodovia BR-373, em Chopinzinho – Sudoeste do Paraná, o acidente foi entre um carro e uma carreta provocando a morte de quatro pessoas de uma mesma família. 

A força do impacto tombou o caminhão carregado de combustível a pista teve de ser interditada nos dois sentidos

As vítimas viajavam em um Citroen Picasso com placas de Santo Antônio do Sudoeste. O carro bateu de frente com a carreta, com placas de Francisco Beltrão, que transportava 35 mil litros de combustível. O violência do impacto causou o tombamento da carreta e a morte dos ocupantes do carro, identificados como Jonas Sommer, 42 anos, a esposa dele Clarice Kolemberg, 41 anos, e os filhos Marcos e Paula Kolemberg Somer, de 8 e 4 anos respectivamente. Os quatro ficaram presos entre as ferragens.

O motorista do caminhão, Antonio Spessatto, 74 anos, sofreu ferimentos na cabeça e nos antebraços. Ele recebeu atendimento do SAMU e foi liberado no local. Em entrevista à Rádio Onda Sul FM/RBJ contou que o carro invadiu a pista contrária numa curva e provocou a batida. Devido ao perigo de explosão do combustível, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Federal interditaram a rodovia nos dois sentidos.

De acordo com o PRF Ribeiro Vaz, o risco de explosão é eminente, por isso o trânsito foi impedido para resguardar a segurança dos usuários da rodovia. Apesar disso, quem está em viagem não precisou parar. Para deslocar do sudoeste sentido capital, a alternativa é acessar a PR-281 via Mangueirinha, Foz do Jordão até retornar a BR-373, próximo de Candói. Quem tem o Sudoeste como destino, deve acessar a PR-281 via Chopinzinho.

A Criminalística foi acionada para perícia e os corpos das quatro vítimas recolhidos ao IML de Pato Branco. Mesmo assim, a pista permanece interditada. Segundo informações, a família saiu de Santo Antônio do Sudoeste e tinha como destino a capital do Estado para uma consulta médica.

Jonas Sommer era professor da Famper – Faculdade de Ampére, no Sudoeste do Estado. A direção da instituição divulgou uma nota de pesar lamentando a morte da família e decretou luto de três dias.