Prefeita fala sobre “metas e conquistas” em Sessão Solene

Grande meta para 2018 é o reaproveitamento do antigo Hospital Regional abandonado há 18 anos

0
3381

A prefeita Marlene Revers participou na noite de segunda-feira, 5, da Sessão Solene de abertura dos  trabalhos deste ano da Câmara Municipal. Revers parabenizou os vereadores pela primeira sessão do ano e fez um relatório dos trabalhos desenvolvidos pelas secretarias destacando também as metas para este ano de 2018.

O primeiro assunto abordado foi as reformas nas Unidades de Saúde, adequação no Hospital Municipal (HM), reorganização da saúde preventiva, contratação de novos médicos com pagamento em dia de seus salários. “Agora exigimos produção e responsabilidade”. Ainda sobre a saúde falou sobre o pagamento de uma dívida, segundo Ela, da gestão anterior de 600 mil reais junto ao SAMU, nova ambulância e ônibus para transporte e socorro além de medicamentos. Os novos equipamentos do HM como os aparelhos de Raios-X digital e de mamografia também foram lembrados. Como “a grande meta para 2018”, é a elaboração e a conclusão do projeto pra aproveitamento do hospital regional, abandonado há 18 anos, com o apoio do Ministério da Saúde. “Precisamos tirar dos ombros toda vergonha que envolve aquela obra”. Na educação anunciou a ampliação da Escola da comunidade do Bom Jesus com recursos do município, a municipalização do transporte escolar com a aquisição de 29 ônibus.

No transporte a prefeita fez uma explanação para chamar a atenção dos vereadores. “A diminuição nos gastos produtos da municipalização e de outras providências, conseguiu reduzir valores o equivalente a 2 mil e 21 quilômetros, chegando 120 mil reais mês de economia, nas mesmas linhas de ônibus”, a prefeita taxou de “absurdo” o que se gastava anteriormente. A fila de espera nos Centros de Educação Infantil foi reduzida de 318 para pouco mais de 10 crianças. Marlene também destacou as manutenções que estão sendo feitas nas vias urbanas e anunciou a licitação de recapes asfálticos em diversas ruas da cidade, observou os recapes, com recursos próprios da prefeitura, das Ruas Imbuia e Louro no Bairro Alto Recreio. “O convênio de recape asfáltico já está assinado para toda a Avenida Ipê e Rua Sândalo” a Marginal será restaurada com a substituição da grama, dos canteiros, arborizações e flores.

A rede de iluminação pública também foi citada pela prefeita, a recuperação do chafariz, reconstrução do palanque oficial,  reforma do Parque Aquático e restruturação do Parque de Exposições, neste projeto (parque de exposições) está um lago artificial, arborização e vias para recreação. “Queremos transformar numa área de uso contínuo pela população durante o dia e a noite”.

Para o Assentamento disse estar buscando recursos junto a Itaipu Binacional para a construção de aproximadamente 30 km de calçamento e uma patrulha agrícola. Para a geração de emprego está para ser licitado um barracão de 500 m2 que será construído próximo a Vila Pindorama, outro de 450 m2 no Parque Industrial. Na área social foram atendidas aproximadamente 8 mil famílias no Cadastro Único e um total de 18 mil usuários no Sistema Único de Assistência Social.

Para o vice prefeito Anelson Ubialli, também presente na sessão, “se a prefeita conseguir completar tudo o que falou, vai ser muita coisa para o nosso município, que precisa”.

A PALAVRA DOS VEREADORES

Na Sessão Solene o vereador Claudelei T. de Lima declarou existir “existe um desafio enorme pela frente em 2018, e nós estamos aqui para aprovar todos os projetos que sejam bons para a população, o executivo sozinho nunca fez nada, por isso o diálogo é muito importante”, destacou. Osni Soares disse ser “um dia positivo, é neste mês que se começam as colheita na agricultura, e em uma administração de 4 anos, ainda está na fase do plantio, você precisa primeiro consertar os equipamentos angariar recursos isso pra quem tem uma linha de pensamento de consequência, mas pra quem é inconsequente começa se endividando, e a atual administração começou com os pés no chão”. Rodolfo Revers destacou a recuperação dos imóveis públicos pela atual administração. “Foram distribuídos imóveis públicos a torto e direito, sem nenhuma contrapartida, as vezes dado a particulares até pra fazer residência e foram todos retomados de volta e alguns ainda estão em processo judicial”. Rodolfo enfatizou que nesta gestão “não mais se fez acordos com quem quer que seja e isso tudo começou em janeiro de 2017, e o trabalho dará orgulho para essa câmara e o povo de Quedas do Iguaçu”.

A vereadora Neusa Jacoboski agradeceu a prefeita pelo asfalto da Rua Imbuia, “nós vereadores éramos muito cobrados pela população”, Ela fez alguns pedidos vindos da população.  Bruno Mota falou da sua formação em administração (conquistada no início do ano) da emoção de ser pai ( seu filho nasceu recentemente) e agradeceu o respeito dos companheiros da casa. “Mesmo a gente tendo opiniões divergentes somos todos seres Humanos e o respeito por trás disso é mútuo”, disse ainda que continuará “fiscalizando o bom uso do dinheiro público”. Motta pediu para que a prefeita “olhe com bons olhos os requerimentos por Ele enviado”.

A PALAVRA DO PRESIDENTE

O presidente da Câmara Eleandro da Silva, agradeceu a presença da prefeita Marlene e elogiou “as várias ações a ser realizadas”; colocando a casa administrativa a disposição. “Temos que colocar o bem coletivo acima do pessoal”, sobre os debates enfatizou que “isso quer dizer que todos estamos preocupados com a população”. “Fiquei feliz quando a prefeita falou sobre o hospital, afinal Quedas necessita de um hospital com maior expressão”. Eleandro pediu a prefeita para ver “com carinho” a questão do funcionalismo público. “Eles ficaram sem reajuste, que seja passado o aumento real a estas pessoas que tanto cooperam com nosso município”. Silva destacou ainda as ações do Legislativo. “Mesmo com as diversas ações em 2017, conseguimos economizar um montante de 98 mil reais”, Ele pediu a prefeita Marlene para essa verba ser direcionada as entidades, “este  é um anseio de todos os vereadores”. Em decorrência do carnaval a sessão ordinária de segunda-feira, 12, foi antecipada para sexta-feira,9.