ProntoVet

Novas fotos do Agroglifo de Bom Jesus reforçam sua autenticidade

Muitos curiosos e grande número de veículos de imprensa acorrem desde hoje cedo ao local onde foi encontrado um agroglifo ontem, ao amanhecer. A descoberta se deu na propriedade do senhor Bortolucci, em um local nas proximidades e logo atrás do Jardim Itália, na cidade catarinense de Bom Jesus, não muito longe da unidade Polícia Rodoviária Estadual de Santa Catarina. A plantação é de trigo em fase de colheita.

A informação inicial sobre a descoberta foi prestada à Revista UFO pelo jornalista Edilson José de Freitas, da Rádio Rainha das Quedas, de Aberlado Luz. Uma equipe da UFO se preparava para ir ao local fazer coleta de material orgânico nesta manhã — como amostras de solo e de plantas –, mas cancelou a viagem devido às fortes chuvas que caem na região. Elas inviabilizam o processo porque as amostras estão encharcadas e “lavadas” de possíveis vestígios de anormalidades, como eletromagnetismo.

Também ficou impraticável o sobrevoo da figura com o drone da UFO, para coleta de imagens aéreas, pois as chuvas serão constantes e sem tréguas durante este os próximos dias, segundo os serviços meteorológicos Climatempo, Inpe e Weather Channel, entre outros. Assim, não haverá momento algum para o drone fazer seu trabalho.

Novas fotos enviadas hoje, 19 de outubro, por Willian Ricardo, do Portal Clic RDC, reforçam a tese de que o agroglifo SEJA AUTÊNTICO, o que ainda não se sabia até ontem. Isso se verifica pela maneira ordenada como que as plantas estão dobradas, além de outras características. A figura teria cerca de 24 m de diâmetro, segundo medido por Marcelo Franzosi, colaborador da UFO residente em Ipuaçu. Seu anel externo, infelizmente pouco claro, teria dois palmos de largura.

Informado da descoberta da formação em Bom Jesus pela UFO, o especialista no tema Gary King, da Inglaterra, ao analisar as imagens a ele enviadas, emitiu a opinião de que “parece uma figura bem interessante e possivelmente real”. Ele está sendo constantemente abastecido com novas informações, conforme estas chegam à Redação da UFO — que também mantém a comunidade ufológica nacional informada por meio de seu site www.ufo.com.br e de seus ambientes em redes sociais.

Agroglifos, antes conhecidos como “círculos ingleses”, devido à sua origem na Inglaterra, nos anos 80, são figuras geométricas e de características inteligentes “desenhadas” com o amassamento de plantações de cereais e a dobra — sem que elas morram — de plantas em seu interior. Algumas podem ultrapassar 400 m de comprimento e mais de 7 mil destas figuras já surgiram em todo o mundo desde 1980, especialmente em países do Hemisfério Norte.

No Brasil o fenômeno desembarcou apenas em 2008, concentrando-se sempre e somente no Oeste Catarinense e ocorrendo entre as últimas semanas de outubro e as primeiras de novembro. A partir de 2015, as formações passaram a surgir também, e de forma igualmente inexplicada, na cidade de Prudentópolis, centro-oeste do Paraná, sempre cerca de duas semanas antes. Neste ano, no entanto a cidade paranaense ainda não registro nenhum caso.


As formações, que vêm sendo investigadas pelos pesquisadores da Revista UFO em Santa Catarina, Paraná e na Inglaterra, chefiados elo editor da publicação A. J. Gevaerd, não têm nenhum vestígio de ação humana. Elas são produzidas sem que haja força mecânica para a dobra das plantas e de forma organizada. “Trata-se de um fenômeno inteligente, provocado, não humano e dirigido à população deste planeta, como uma evidente forma de mensagem”, avalia o editor Gevaerd, que se dedica à pesquisa dos agroglifos há mais de 20 anos. O significado destas mensagens, entretanto, está sendo investigado.

- Advertisment -

Últimas Notícias

BASF lança plataforma online exclusiva para a indústria pet

A BASF irá lançar a plataforma Pet Care, que reúne soluções voltadas para fabricantes de produtos de higiene e cuidados com o...

Caixa creditou nesta segunda, 21, Saque Emergencial do FGTS para nascidos em dezembro

 CAIXA realiza, nesta segunda-feira (21/09), os créditos automáticos do Saque Emergencial do Fundo de Garantia do Tempo e Serviço (FGTS) para os...

Novos prefeitos precisarão acelerar o saneamento

Na foto (arquivo) a visita em 2016 do diretor da Sanepar Nei Caldas ao sistema de esgoto de Quedas do Iguaçu.

Comentários Recentes