Início Destaques Paraná tem saldo positivo na geração de empregos formais

Paraná tem saldo positivo na geração de empregos formais

O mês de julho terminou com um total de 959 vagas no Estado, com destaque para o setor da indústria de transformação

O Paraná encerrou o mês de julho com saldo positivo de 959 vagas no cenário da geração de empregos formais. Um resultado computado de acordo com os números que acabam de ser divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Os números se tornam ainda mais interessante se comparados ao mês de julho de 2016, que registrou menos 5.618 vagas de trabalho.

Atualmente, o Estado ocupa a 5ª colocação no ranking nacional de geração de empregos formais no ano de 2017, com 24.042 vagas, ficando atrás apenas de São Paulo com 86 mil, Minas Gerais com 68 mil, Goiás com 45 mil e Mato Grosso com 27 mil. A sequência de bons resultados em 2017 indica que atividade econômica do Paraná está apresentando sinais de recuperação.

De acordo com o economista e membro do Comitê Macroeconômico do ISAE — Escola de Negócios, Jefferson Marcondes, em relação aos setores de atividade econômica, esse efeito se deve principalmente ao setor da indústria de transformação. “O mês terminou com um saldo positivo de 789 vagas no setor da indústria de transformação, contrapondo o mesmo período do ano passado, que chegou a um saldo negativo de 1.967 vagas no segmento”, comenta o economista.

Neste setor se destacam a indústria de produtos alimentícios, indústria mecânica e indústria química farmacêutica/perfumaria. Outros setores importantes para a economia paranaense, como o da Agropecuária, o do Comércio, o da Construção Civil e o de Serviços também continuam gerando vagas.

- Advertisment -

Most Popular

Sicredi Grandes Lagos distribui mais de R$ 4,3 milhões em resultados para associados

Os mais de 29 mil associados da Sicredi Grandes Lagos PR/SP receberam na quarta-feira, dia 25 de março, parte do resultado realizado...

Maiores e mais importantes epidemias da história

Joana Freitas traça uma pequena cronologia das epidemias e pandemias que mais nos afetaram enquanto humanidade

Perfuração de poços artesianos beneficiam escolas de Espigão Alto e Cantagalo

Após um período de trabalho intenso por parte das instituições de ensino e do Núcleo de Educação, conseguiu-se firmar um convênio entre...

Em tempos de Coronavírus, Quedas em alerta com novo surto de dengue

Os números da dengue em Quedas do Iguaçu são alarmantes, no último boletim emitido pela secretária de epidemiologia, Melânia Stormoski mais...

Recent Comments